A malfadada viagem da sequência de Planeta do Tesouro

8

planeta-do-tesouro-2-inicio-camundongo

Há algum tempo, fizemos uma Listas 2000 apresentando sequências canceladas dos clássicos do Walt Disney Animation Studios, incluindo uma continuação e série de televisão para Planeta do Tesouro (2002), pois, à época do lançamento, o estúdio planejava ter Jim Hawkins navegando em muitas outras produções, porém, a realidade foi muito diferente das expectativas.

Em Novembro de 2002, quando o filme ancorou nos cinemas dos Estados Unidos, já havia uma equipe trabalhando em uma nova aventura, para ser lançada diretamente em Home Vídeo, por pelo menos nove meses. E Jun Falkenstein e Evan Spiliotopoulos estavam à frente do projeto e trabalhando em muitas ideias para continuar a história, como diretora e roteirista, respectivamente.

planeta-do-tesouro-2-001

Jun Falkenstein, antes de embarcar na sequência, dirigiu Tigrão: O Filme (2000). Com um orçamento de US$30 milhões, o desenho estrelado pelo popular tigre faturou mais de US$95 milhões mundialmente, além de receber o título de mais lucrativo da franquia do Bosque dos Cem Acres, superando inclusive Winnie the Pooh (2011), cuja bilheteria global não passou de US$35 milhões.

Dessa forma, Falkenstein precisava usar dessa mesma mágica em Planeta do Tesouro 2, até mesmo como forma de ajudar a recuperar o investimento do estúdio no longa-metragem dirigido por Ron Clements e John Musker. O orçamento da produção, estimado em US$140 milhões, desconsiderando os custos de divulgação, era um dos maiores para um filme de animação.

planeta-do-tesouro-2-002

Segundo Falkenstein, o roteiro continuaria de onde o primeiro parou, com Jim Hawkins frequentando a Academia Interestelar. Lá, Hawkins tem um começo turbulento, por não seguir muito bem as regras, especialmente com sua colega de sala Kate, uma moça muito inteligente e competitiva. Filha do Almirante Blake, comandante da Marinha, Kate disputa com Jim o topo da sala.

Capitã Amélia é a reitora da Academia, a qual possui uma novíssima embarcação. Criado pelo Doutor Doppler, a Centurião é a nave mais rápida de toda a galáxia, e B.E.N. é seu piloto. No entanto, a espaçonave é objeto de desejo do pirata Barba de Ferro, um vilão cruel e feito quase totalmente de ferro — praticamente nada de quem ele, por dentro e por fora, era antes existe mais.

planeta-do-tesouro-2-003

Barba de Ferro, então, lidera seu grupo de piratas para raptar a Centurião, enquanto Jim, Kate e B.E.N. estão a bordo. E devido à velocidade do barco, a Marinha não consegue alcançá-los, mas Jim e Kate escapam, e o rapaz sabe: para se capturar um pirata, é necessário outro. Assim, eles se encontram com Long John Silver na Lagoa Nebula, onde ele possui uma rede de contrabando.

Quando descobre as maravilhosas características da Centurião, Silver decide ajudá-los. Usando o sinal de rastreio enviado por B.E.N., mantido como refém, e um navio antigo de Silver, o trio encontra a Centurião ancorada na prisão de um asteroide. Barba de Ferro utiliza o navio para tentar desativar os sistemas de segurança da prisão e retirar de lá uma infinidade de prisioneiros.

planeta-do-tesouro-2-004

A bordo da embarcação, o pirata revela a Jim o seu plano de tomar para si a Centurião e pede a sua ajuda para concretizá-lo. Kate ouve a conversa sem querer e fica furiosa com Jim, porque os dois já estavam se apaixonando um pelo outro. Nesse momento, Barba de Ferro descobre os invasores e parte para um duelo contra Silver, o qual fica ferido, e expulsa o trio de dentro do navio.

Os prisioneiros do asteroide começam a embarcar na Centurião, enquanto os protagonistas voltam ao barco de Silver. Dentro do navio, Jim e Kate começam a brigar, quando Silver interfere, pedido para o moço pensar no que está fazendo, e por meio de um flashback, Silver conta a história de quando era jovem e não era um ciborgue e perdeu o amor de sua vida, caindo na pirataria.

planeta-do-tesouro-2-005

Kate e Jim se reconciliam e Silver revela ter trazido uma carga valiosa, uma bomba de nêutrons, com o intuito de contrabandeá-la por uma fortuna, e se aposentar com esse dinheiro. Juntos, os três são capazes de arrumar o navio e vão atrás da Centurião, para impedir os piratas mais malvados da galáxia de saírem em uma enorme e insana onda de assassinatos e roubos pelo espaço.

No último segundo, Silver abre mão de seu “fundo de aposentadoria”, a fim de destruir a Centurião, com Barba de Ferro e todos os piratas a bordo. Mais uma vez, Silver se separa de Jim e pede para Kate cuidar dele. Anos mais tarde, o casal se forma com honras na Academia Interestelar – e um orgulhoso John Silver assiste à cerimônia em meio às sombras, sorrindo.

planeta-do-tesouro-2-006

Willem Dafoe assinou para viver o pirata Barba de Ferro e todo o elenco de vozes do original – o qual incluía Joseph Gordon-Levitt como Jim Hawkins, Emma Thompson como Capitã Amelia e Brian Murray como Silver – retornaria para reprisar os seus papéis. Tommy Walter, da banda de rock alternativo Abandoned Pools, estava sendo considerado para compor as músicas do filme.

Musker e Clements, entretanto, teriam um envolvimento mínimo na sequência, embora tivessem contribuído com alguns conceitos, pois estavam ocupados finalizando Planeta do Tesouro. Thomas Schumacher, presidente do estúdio no período, estava otimista com os resultados do longa-metragem e a possibilidade de expandi-lo em uma vasta franquia lucrativa.

planeta-do-tesouro-2-007

Porém, apesar das esperanças de se tornar um arrasa-quarteirões e do sucesso de seu antecessor, Lilo & Stitch, naquele mesmo ano, a animação, produzida de forma tradicional e inspirada livremente na obra de Robert Louis Stevenson, afundou nas bilheterias e falhou em atrair um público cada vez mais interessado em assistir aos filmes criados através de computação gráfica.

Falkenstein e outros membros da equipe estavam no estúdio de gravações, em Nova York, na manhã da segunda-feira após a estreia. Willem Dafoe chegaria em trinta minutos para gravar as suas falas. Foi quando o time criativo recebeu uma ligação de alguém, cujo nome Falkenstein se recusou a revelar, trazendo a má notícia: Planeta do Tesouro 2 tinha sido cancelado pela Disney.

planeta-do-tesouro-2-008

Isso foi uma grande tristeza, porque pensávamos que o projeto estava funcionando realmente bem. Toda a equipe estava muito entusiasmada com o filme,” declarou Falkenstein. Sobrinha do animador veterano Joe Grant, Jun Falkenstein ainda trabalha com animação. Seu último projeto no DisneyToon Studios foi Tinker Bell e o Resgate da Fada (2010), como artista de história.

Mesmo com sua indicação ao Oscar® de Melhor Longa-metragem de Animação, Planeta do Tesouro dificilmente ganhará uma sequência no futuro previsível. Ao longo dos anos, graças aos lançamentos em Home Vídeo e à disponibilidade na Netflix, o longa-metragem ganhou diversos admiradores, os quais precisarão se contentar com uma única aventura ao lado de Jim Hawkins.

planeta-do-tesouro-2-final-camundongo

Compartilhe.

Sobre o Autor(a)

O atual editor-chefe de O Camundongo é um grande aficionado por cinema, séries, livros e, óbvio, pelo Universo Disney. Estão entre os seus clássicos favoritos: “O Rei Leão”, ” A Bela e a Fera”, ” Planeta do Tesouro”, “A Família do Futuro” e “Operação Big Hero”.



  • rodrigo duarte

    Que pena, parece que seria uma boa sequencia, o que não ocorreu com nenhuma dos clássicos tradicionais…

    • Uma pena mesmo. Mas talvez tenha sido melhor assim, pois o resultado final poderia ter sido tão desastroso quanto as muitas outras sequências dos clássicos :/

  • Kujaku_no_hana

    Que pena, a história do primeiro foi muito legal seria ótimo ter uma continuação.

    • Seria maravilhoso poder acompanhar mais das aventuras de Jim Hawkins! 😀

  • Uma lástima mesmo. A sinopse inicial parecia bem bacana, e o vilão deveras interessante! Não só o nome dele remetia a piratas lendários como o Barba Negra, como o design dele é ao mesmo tempo tenebrosa e assustadora!

    De Planeta do Tesouro, só me resta torcer que Roy Conli possa mexer os pauzinhos e trazer o filme em forma de mundo no KH III. Imagine só as mecânicas de voo pelo espaço com os gráficos do jogo! Seria uma ótima maneira de trazer o filme de volta ao imaginário popular.

    • Seria ótimo se a Disney colocasse “Planeta do Tesouro” em Kingdom Hearts, mas, é muito difícil isso acontecer. Apesar do filme ter ganhado uma base sólida de fãs, a Disney ainda prefere mantê-lo de lado. Por exemplo, quando fizeram uma maratona dos filmes dirigidos por Ron Clements e John Musker, em preparação para “Moana”, “Planeta do Tesouro” foi o único a ser exibido apenas uma vez 🙁

      • O que eu gosto em KH é que ele sempre tem um espacinho para filmes menos populares da Disney (como o Tron, no KH II, anos antes da Disney anunciar a continuação) e até filmes de home video (como o mundo dos Três Mosqueteiros, no KH 3D). Então, ainda mantenho minhas esperanças! 😀

        • Então, vamos pedir para a estrela e continuar torcendo pelo melhor haha 😀