Moana: Um Mar de Aventuras | Trazendo o Mini Maui à vida

0

moana-poster-mini-maui-camundongo

O próximo filme do Walt Disney Animation Studios irá navegar para os cinemas nacionais em 05 de Janeiro de 2017, daqui exatos treze dias, e contará a história de uma jovem corajosa em uma jornada de auto-descoberta, ao lado de um semi-deus procurando reconquistar o seu status de herói de outrora durante uma verdadeira viagem épica pelo oceano.

Dirigido pelos veteranos Ron Clements e John Musker, Moana: Um Mar de Aventuras revolucionou o campo da computação gráfica com a criação de novos programas para a animação dos cabelos dos personagens e da água, sobre os quais já comentamos anteriormente. Porém, um aspecto do filme vem dos primórdios do estúdio: as tatuagens de Maui (voz original de Dwayne Johnson).

moana-animacao-tradicional-001

Logo no começo da produção, os cineastas decidiram incluir as tatuagens do semi-deus por serem uma importante tradição da região de Samoa. “Conforme a personalidade de Maui começou a tomar forma, nós nos perguntamos: ‘E se uma tatuagem em particular funcionasse como o seu alter ego?’,” comenta o diretor John Musker.

Assim, Eric Goldberg, um dos mais antigos animadores tradicionais da Casa do Camundongo e responsável por dar vida a personagens marcantes como o Gênio de Aladdin (1992), se tornou um supervisor de animação do filme e ajudou a criar as pequenas tatuagens se movimentando no peitoral de Maui, em um casamento de computação gráfica e animação tradicional.

moana-animacao-tradicional-002

Maui tem o corpo coberto por tatuagens e a maioria delas representa os seus grandes feitos do passado. No meio dessas tatuagens, há uma pequena figura representando o próprio Maui – e ao longo da produção, nós começamos a chamá-lo de Mini Maui, pois ele se tornou um personagem próprio,” explica Goldberg.

Para começo de conversa, ele é o maior apoiador de Maui. Ele é o alter ego de Maui, ele também é cheio de gingado e de confiança, mas, acima de tudo, ele age como a consciência de sua versão grande. Uma das coisas pedidas por John Lasster [diretor criativo dos estúdios de animação] foi a capacidade do Mini Maui revidar as atitudes de Maui de vez em quando,” continua o animador.

moana-animacao-tradicional-003

E para fazer a magia acontecer, os animadores tradicionais e os de computação gráfica precisaram trabalhar juntos. De acordo com Goldberg, para cada interação entre Maui e Mini Maui era preciso mapear o corpo do semi-deus, quais serão os movimentos de cada um dos personagens e os quadros exatos nos quais irão ocorrer o contato dos dois.

No entanto, um dos desafios mais interessantes de animar Mini Maui foi a técnica de reversão. Isto é, por ser uma tatuagem no corpo de Maui, a sua versão miniatura precisava parecer ter sido feita com uma tinta escura, assim como as tatuagens reais. Portanto, o personagem era desenhado com as cores invertidas – o branco do olho, por exemplo, era preto –, e depois de pronto, bastava alterar as cores.

moana-animacao-tradicional-004

Toda a animação das tatuagens é feita da forma tradicional, é tudo desenhado no papel. Eu fiz alguns modelos de suas expressões, a fim de torná-las fáceis de serem entendidas e ter uma gama maior de emoções para ele. Uma razão pela qual isso é importante é o fato de ser um personagem capaz de se expressar apenas através de seu rosto e de seu corpo,” revela Goldberg.

Disso tudo, muito surgiu da sala dos roteiristas e muito também nasceu das trocas de ideias entre os animadores e entre John e Ron, pois estávamos sempre nos perguntando: ‘Não seria divertido se Mini Maui fizesse isso ou aquilo?’. Nós estamos constantemente tentando pensar em formas de tornas as coisas funcionais e também engraçadas,” finaliza.

“Mini Dwayne”:

três mil anos, os melhores navegadores do mundo cruzaram o vasto Pacífico Sul e descobriram as ilhas da Oceania. Mas depois, por um milênio, as viagens pararam – e até hoje, ninguém sabe o porquê. Moana: Um Mar de Aventuras, do Walt Disney Animation Studios, traz para as telonas a história sobre uma adolescente polinésia de dezesseis anos (voz de Auli’i Cravalho na versão original) que se aventura pelo Oceano Pacífico para desvendar o mistério que envolve seus ancestrais. Durante esta grande aventura, ela encontra o “espirituoso” e poderoso semideus Maui (voz de Dwayne Johnson na versão original) e, juntos, eles embarcam em uma viagem cheia de ação, enfrentando criaturas inusitadas, algumas até ferozes, e muita diversão.

moana-final-mini-maui-camundongo

Compartilhe.

Sobre o Autor(a)

O atual editor-chefe de O Camundongo é um grande aficionado por cinema, séries, livros e, óbvio, pelo Universo Disney. Estão entre os seus clássicos favoritos: “O Rei Leão”, ” A Bela e a Fera”, ” Planeta do Tesouro”, “A Família do Futuro” e “Operação Big Hero”.