Queijo de Ouro 2016 | Vencedores das categorias de Cinema & Música

queijo-de-ouro-2016-vencedores-cinema-inicio-camundongo

Hoje, continuamos a celebrar e homenagear os vencedores do primeiro Queijo de Ouro. Nessa segunda parte, revelamos os melhores de acordo com nossos leitores nas categorias de Cinema Música. E apesar de tudo, é inegável o quanto essas produções podem mudar nossas vidas, sejam com suas encantadoras melodias ou letras bonitas, sejam com suas atuações impecáveis ou personagens com imenso carisma. O Cinema e a Música moldam quem somos!

queijo-de-ouro-vencedores-curta

O cinema nos ensina muito sobre a vida. Através dele, podemos amar, nos emocionar, chorar e sorrir. Basicamente todo o espectro de emoções do ser humano está nas telas na qual vemos as grandes pérolas do cinema. No entanto, muitas dessas pérolas não precisam ser tão grandes. Curta-metragens têm uma capacidade impressionante de, em apenas alguns minutos, afetar nossas mais profundas emoções. E o Queijo de Ouro de Melhor Curta-metragem vai para: Lava.

~ Apresentado por Alvaro

queijo-de-ouro-vencedores-musica

Disney e musicais, há combinação mais natural? Certamente que não, mas não só de animações musicais vive o estúdio. Mary Poppins (1964) está aí há mais de cinquenta anos para comprovar isso. Sem contar nas diversas adaptações para a Broadway a partir de suas produções cinematográficas. Contudo, no ano passado, vimos o contrário acontecendo e o resultado foi realmente muito bom. A disputa foi acirrada, mas o Queijo de Ouro de Melhor Música vai para “Into the Woods“, de Caminhos da Floresta.

~ Apresentado por Jonas

queijo-de-ouro-vencedores-trilha

Trilhas Sonoras… Ah, as trilhas sonoras… Quantos filmes são marcados pelas suas trilhas sonoras… Nós somos capazes de identificar um filme apenas pela sua trilha sonora. Somos capazes até de saber mais sobre a trilha sonora do que sobre o filme em si, tamanha a importância de uma trilha. Este Queijo de Ouro 2016 reconhece cinco das melhores trilhas sonoras do ano, que vão de animação a filme de ação. E o voto do público deu o Queijo de Ouro de Melhor Trilha Sonora a Divertida Mente, composta por Michael Giacchino!

~ Apresentado por Christiano

queijo-de-ouro-vencedores-personagem-cinema

Esse ano tivemos vários personagens icônicos no cinema. De doces heroínas clássicas a novos vilões malignos. Cada um com uma personalidade única e demonstrada por diferentes emoções. No entanto, nosso Queijo de Ouro vai para apenas uma emoção, feita por diversos atores, digo, animadores. Seu design foi pensando e planejado com carinho. Ela roubou a cena no filme. Por nos fazer rir e, mais importante, perceber que chorar nem sempre é ruim, quem leva nosso Queijo de Ouro de Melhor Personagem de Cinema é a Tristeza, de Divertida Mente.

~ Apresentado por Caroline

queijo-de-ouro-vencedores-ator

O que torna um filme memorável é um conjunto de fatores. Desde o roteiro até a pós-produção, passando por todos os cargos sem distinção. E parte desse processo é a função do ator. Responsável por dar vida e personalidade a um personagem que antes não era nada além de um bloco de papel, cabe ao ator tornar o personagem inesquecível ou não. E os indicados deste ano são excelentes neste processo. O Queijo de Ouro de Melhor Ator vai para: Richard Madden, por sua atuação em Cinderela.

~ Apresentado por Sarah

queijo-de-ouro-vencedores-atriz

Existe algo sobre personalidades femininas nos cinemas: elas marcam presença, independentemente do seu papel. Podem ser as protagonistas, mocinhas, ou vilãs que sempre possuem um charme. Aquele destaque que encanta qualquer pessoa. Com traços marcantes e elegância, o Queijo de Ouro de Melhor Atriz de Cinema vai para Cate Blanchett, em Cinderela.

~ Apresentado por Catarina

queijo-de-ouro-vencedores-longa

Os cinco longa-metragens nesta edição são empolgantes, originais, inspiradores e inesquecíveis. Eles representam o melhor do Universo Disney e provam que histórias incríveis contadas com visão, talento e estilo revigoram a nossa criatividade, expandem as nossas mentes e aquecem os nossos corações. No final, o mais importante é a capacidade desses filmes de nos emocionar e nos envolver com suas histórias, e não, quanto custaram ou quanto arrecadaram. Assim, o Queijo de Ouro de Melhor Longa-metragem vai para Divertida Mente!

~ Apresentado por Lucas

queijo-de-ouro-2016-final-camundongo

Escrito por Equipe

"Aqui, no entanto, nós não olhamos para trás por muito tempo, Nós continuamos seguindo em frente, abrindo novas portas e fazendo coisas novas, Porque somos curiosos... E a curiosidade continua nos conduzindo por novos caminhos. Siga em frente." - Walt Disney

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Carregando...