Afinal, por que The Muppets fracassou?

the-muppets-fracasso-inicio-camundongo

Kermit, Miss Piggy, Fozzie, Gonzo e tanto outros personagens criados pela equipe de Jim Henson habitam no coração de muitas pessoas, pois, por durante décadas, a estranha turma de marionetes trouxe humor, canções, momentos inesquecíveis e até algumas lições de moral, seja nas telinhas ou nas telonas, mas, acima de tudo isso, os personagens nos encantaram por seu otimismo e inocência.

Depois de muitos anos afastados da televisão, os fantoches regressam em The Muppets (2015-2016). Infelizmente, a série não sobreviveu por muito tempo e, com apenas quinze episódios produzidos, foi cancelada pela ABC, empresa subsidiária da The Walt Disney Company, devido à pressão de muitos pais, desgostosos com as piadas adultas, e à brusca queda na audiência.

the-muppets-fracasso-001

O canal até tentou repaginar o seriado, substituindo alguns dos integrantes da equipe criativa. Embora a qualidade dos roteiros tenha melhorado gradativa e significativamente a partir desse momento, a mudança veio tarde demais e já era impossível impedir a debandada do público. E até mesmo Frank Oz, famoso muppeteer – a pessoa responsável por manipular a marionete –, concorda com tal reação.

Frank Oz trabalhou ao lado de Jim Henson na criação de muitos personagens populares, incluindo Miss Piggy, Fozzie e Animal. E para ele, foi uma missão impossível terminar de assistir ao primeiro episódio da nova série. Em uma entrevista concedida à Variety, Oz explicou o motivo de não ter gostado do programa: os roteiristas não foram fiéis aos personagens.

the-muppets-fracasso-002

Havia uma pureza em cada um dos personagens, e ela era essencial. E eu senti que essa pureza havia sido alocada para outros locais, não parecia certo,” revela. Um dos pontos negativos criticado por nós, nas nossas primeiras impressões e demais resenhas sobre o seriado,  foi justamente a ausência da pureza e do otimismo inerentes a Kermit e seus amigos. Pois, sem esse elemento, perde-se um pouco do sentido.

Meus irmãos e irmãs estavam lá [como muppeteers]. Eles fizeram o melhor possível. Mas, na verdade, eles estavam trabalhando com roteiros escritos por outras pessoas. Eles precisavam fazer daquele jeito. Se tivessem dado mais espaço e confiado mais nos intérpretes, como fazíamos, teria tido mais vida. Essas habilidades, de ser irônicos e sagazes, não foram apreciadas,” comenta.

the-muppets-fracasso-003

Apesar de não ter apreciado o seriado e Muppets 2: Procurados e Amados (2014), o qual Oz descreve como engraçado em alguns momentos e com alguns personagens mantendo a sua pureza, o artista reconhece o esforço e empenho da Disney em continuar tentando acertar com os personagens, assim como aconteceu como Os Muppets (2011), aclamado pela crítica especializada e pelo público.

Tenho de tirar o chapéu para a Disney, eles tentam. É muito difícil. A Disney e todas essas pessoas estão tentando fazer a coisa certa. É como ser um admirador de Fórmula Um, você vai a todas as corridas. Mas ser um fã daquilo e dirigir são coisas diferentes. Eles são fãs e querem dirigir também. Não é tão fácil quanto pensam,” finaliza. Agora, torcemos para o novo Muppet Babies ser fiel aos personagens.

the-muppets-fracasso-final-camundongo

Written by Lucas

Um grande aficionado por cinema, séries, livros e, claro, pelo Universo Disney. Estão entre os seus clássicos favoritos: "O Rei Leão", " A Bela e a Fera", " Planeta do Tesouro", "A Família do Futuro" e "Operação Big Hero".

2 Comments

Leave a Reply

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Loading…