Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível | Tudo sobre o novo lançamento da Disney

Cedo ou tarde, o passado sempre te alcança. E nesta quinta-feira, 16 de Agosto de 2018, Pooh e seus amigos possuem um compromisso muito importante com um velho amigo. Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível mostra o retorno do personagem-título, agora adulto, ao Bosque dos Cem Acres, local onde passava as tardes de sua infância brincando e usando sua imaginação. Como de costume, apresentamos um breve resumo de tudo o que você precisa saber antes de ir aos cinemas assistir ao novo longa-metragem.

Nesta reimaginação das clássicas histórias do ursinho guloso, ambientada em 1949, Christopher Robin está preso a um emprego, no qual trabalha demais, ganha pouco e quase não tempo para sua esposa e sua filha. Christopher praticamente se esqueceu de sua infância idílica ao lado de um ursinho de pelúcia ingênuo, que ama mel, e seus amigos. Ao se reunir com Pooh, agora sujo e puído após anos de abraços e brincadeiras, sua amizade é reavivada, o que o faz recordar dos incontáveis dias de ilusão e faz de conta infantil que definiram sua juventude, quando não fazer nada era considerado a melhor coisa a se fazer.

A casa do Mickey Mouse tem uma longa história com os personagens de A.A. Milne, a qual começou com o lançamento do curta de animação Winnie the Pooh and the Honey Tree, em 1966, e perdura até atualmente. Milne se inspirou nas brincadeiras de seu filho, Christopher Robin Milne, com seus bichos de pelúcia para criar as histórias do famoso ursinho guloso e demais personagens. E embora o novo filme não seja uma cinebiografia de C.R. Milne, tampouco seja uma adaptação direta dos livros de seu pai, há diversas semelhanças entre a sua vida adulta e a de sua contraparte imaginária, como o fato de ambos estudarem em internatos, servirem na Segunda Guerra Mundial e terem casado e tido uma filha.

Ewan McGregor (A Bela e a Fera) interpreta Christopher Robin e lidera o elenco composto por Hayley Atwell (Cinderela) como sua esposa Evelyn; Bronte Carmichael como sua filha Madeline; e Mark Gatiss (Sherlock) como seu chefe Keith Winslow; além de contar com as vozes de Jim Cummings (Winnie the Pooh) como Pooh e Tigrão, sendo o primeiro ator vocal a reprisar seus personagens animados em um filme de ação ao vivo do estúdio; Brad Garrett (Enrolados) como Ió; Toby Jones (Capitão América: O Primeiro Vingador) como Corujão; Nick Mohammed (Perdido em Marte) como Leitão; Peter Capaldi (Doctor Who) como Coelho; e Sophie Okonedo (A Vida Secreta das Abelhas) como Can.

De acordo com McGregor, em entrevista à  Entertainment Weekly, esse drama familiar é sobre o resgate da inocência infantil de Robin, após tê-la perdido na vida adulta. “Nessas antigas histórias, [Christopher Robin] oferece muita sabedoria por meio de como ele lida com Pooh. Pooh e Ió possuem muitas perguntas filosóficas, e Christopher Robin está lá para respondê-las de alguma forma. E eu acredito que, em grande parte, ele perdeu toda essa sabedoria infantil e está um pouco empacado. Ele é muito profissional e não possui tempo para brincar. Suponho que esse seja o tema do filme: encontrar seu relacionamento com o seu eu mais jovem novamente.

O visual adorável de Pooh e seus amigos pode ser bem semelhante com os animais de pelúcia de sua infância, mas foi criado graças à magia do cinema. Então, como os atores deveriam agir sem os personagens presentes fisicamente no estúdio? O diretor trouxe crianças de uma escola de teatro, escolhidas de acordo com o personagem, elas agiam no lugar das pelúcias para certas gravações, assim os atores podiam representar suas cenas com mais do que a imaginação. Porém, um filme sobre o Winnie the Pooh não ficaria completo sem o próprio urso. Logo, às vezes, o elenco atuava com os verdadeiros bonecos. “Havia um Pooh real, assim como você o vê no filme, e então David, que era o ator, apenas o movia um pouco e eu atuava,” McGregor explica.

Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível tem direção  de Marc Forster (Em Busca da Terra do Nunca), a partir do roteiro escrito por Alex Ross Perry (Golden Exits), Allison Schroeder (Estrelas Além do Tempo) e Tom McCarthy (UP: Altas Aventuras), baseado nos personagens criados por A.A. Milne. Na produção, estão Brigham Taylor (Mogli – O Menino Lobo) e Kristin Burr (Sexta-feira Muito Louca), com Renée Wolfe (Por Trás dos Seus Olhos) e Jeremy Johns (Alice Através do Espelho) na produção executiva, e co-produção de Steve Gaub (TRON: O Legado). A trilha sonora instrumental ficou sob a batuta de Jon Brion (Lady Bird: A Hora de Voar) e Geoff Zanelli (Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar), com novas canções compostas por Richard M. Sherman.

Por mais de cinquenta anos, os irmãos Richard M. e Robert B. Sherman escreveram músicas para os filmes do Universo Disney, incluindo muitos clássicos como Mary Poppins (1964) e As Aventuras de Winnie the Pooh (1977). Robert Sherman faleceu em 2012, mas o diretor Marc Foster esperava convencer Richard a retornar ao Bosque dos Cem Acres e emprestar seus talentos ao novo filme. Para o prazer de Foster, Sherman não apenas aceitou o convite como escreveu três canções inéditas. “Eu apenas queria uma canção,porque eu não sabia se ele ainda queria escrever para filmes (…) De repente, havia três músicas! (…) Meu telefone tocou e Richard disse, ‘Marc, eu escrevi essas músicas para você.’ E, então, em seu piano em casa, ele começou a tocá-las para mim,” relembra Foster com muita alegria.

Jim Cummings sabe o porquê da Turma do Pooh ser tão encantadora. O talentoso ator vocal, responsável por interpretar uma infinidade de personagens animados, e tem emprestado seu talento ao Pooh e ao Tigrão desde a década de 1980. Isto é, ele teve muito tempo para pensar no motivo desses personagens serem tão amados. “Esses personagens, creio, são duradouros. Eles não estão ligados a um modismo. Eles não estão conectados a skates, cartazes, cartões de beisebol ou o que for. Eles nasceram da literatura – e são, literalmente, histórias para dormir. E essas sempre estão por aqui,” comenta o ator. As histórias de Christopher Robin e seus amigos despertaram a imaginação de crianças por décadas e, com a estreia de Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível, essas histórias continuaram a fazer crianças de todas as idades a sorrirem por muitos anos.

Trailer legendado de Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível

Nessa emocionante aventura da Disney, o menino que embarcou em incontáveis aventuras no Bosque dos Cem Acres, ao lado do seu grupo de espirituosos e amáveis animais de pelúcia, cresceu e perdeu o seu caminho. Agora, cabe a seus amigos de infância se aventurarem em nosso mundo e ajudarem Christopher Robin a reencontrar o garoto amável e brincalhão dentro dele mesmo.

Written by Lucas

Um grande aficionado por cinema, séries, livros e, claro, pelo Universo Disney. Estão entre os seus clássicos favoritos: "O Rei Leão", " A Bela e a Fera", " Planeta do Tesouro", "A Família do Futuro" e "Operação Big Hero".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…