Roteirista de JOHN CARTER quer uma sequência