Operação Big Hero | Capas e detalhes das edições nacionais

20

big-hero-6-poster-armadura-camundongo

Embora ainda esteja em exibição em muitos cinemas, já temos os primeiros detalhes do lançamento em home vídeo no Brasil de “Operação Big Hero”, o mais recente longa-metragem do Walt Disney Animation Studios, sobre o prodígio da robótica Hiro Hamada (voz original de Ryan Potter) e o robô enfermeiro Baymax (voz original de Scott Adsit).

Como de costume, a animação irá chegar às prateleiras das lojas nacionais nos seguintes formatos: DVD (Simples), Blu-ray (Simples) e Blu-ray 3D (Simples). Não há, por enquanto, qualquer opção de combo, A data marcada para o lançamento é 18 de Março. A seguir, observe as capas, as quais reciclam a arte do pôster nacional,  e as listas de extras das respectivas edições.

Operação Big Hero | DVD

Bônus do DVD:

  • Curta do Cinema: O Banquete

Operação Big Hero | Blu-ray

Bônus do Blu-ray:

  • Curta do Cinema: O Banquete
  • A Origem da História de Operação Big Hero: A Jornada de Hiro
  • Animadores: Os Personagens Por Trás dos Personagens
  • Cenas Inéditas com Introduções dos Diretores Don Hall & Chris Williams
  • Trailer Teaser de Operação Big Hero

Operação Big Hero | Blu-ray 3D

Bônus do Blu-ray 3D:

  • Curta do Cinema: O Banquete

Quanto às informações técnicas, haverá faixas de áudio em Dolby Digital 5.1 (Português e Inglês) no DVD; e DTS-HD MA 7.1 (Inglês) e Dolby Digital 5.1 (Português) no Blu-ray e Blu-ray 3D. Todas as edições acompanham legendas nos mesmos idiomas. O formato de tela será Widescreen Anamórfico 2,40 (16:9). Ainda não foram revelados os preços.

Clipe “Diagnóstico: Puberdade“:

Do Walt Disney Animation Studios chega “Operação Big Hero”, uma comédia de ação e aventura sobre o prodígio da robótica Hiro Hamada, que aprende a dominar seu temperamento — graças ao seu brilhante irmão Tadashi e seus amigos de ideais semelhantes: a aventureira Go Go Tomago, o obcecado por limpeza Wasabi, a maga da química Honey Lemon e o fã de mangás Fred. Quando um devastador evento se desdobra nas ruas de San Fransokyo, Hiro recorre ao seu companheiro mais próximo – um robô inflável de última geração chamado Baymax –, e transforma o grupo em uma equipe de heróis de tecnologia de ponta determinados a desvendar o mistério.

big-hero-6-final-wasabe-camundongo

Compartilhe.

Sobre o Autor(a)

O atual editor-chefe de O Camundongo é um grande aficionado por cinema, séries, livros e, óbvio, pelo Universo Disney. Estão entre os seus clássicos favoritos: "O Rei Leão", " A Bela e a Fera", " Planeta do Tesouro", "A Família do Futuro" e "Operação Big Hero".



  • Matheus Gomes

    Queria a Cara do BMax como capa.

  • Lucas Acioli

    Capas iguais, mesmo não gostando, eu já esperava, infelizmente faz tempo que esta acontecendo isso, mas não acredito que não tem combo BD3D+BD, espero que isso seja por enquanto mesmo kkk, e que seja disponibilizado sim.

  • Não vejo a hora de acabarem de vez com o DVD e o BD cair de preço. Fico impressionado como é caro aqui no Brasil. BD 3D a 100,00 no lançamento é um absurdo. Espero que ao menos haja uma versão que venha o BD normal + BD 3D. Fazer separado é muita sacanagem.

    • catarinadea

      Eu acho que o DVD ainda fica mais um tempo Rafa. Enquanto o preço do aparelho de BD for caro, o DVD não cai. Sem contar que pra cair o DVD, as tvs de tubo tem que ir junto. Infelizmente um monte de gente ainda tem, e aí não vai fazer diferença nenhuma colocar um blu-ray numa tv dessas, sabe?

      Quanto eu BD normal separado ou junto com o BD 3D, eu acho até boa essa divisão, porque nem todo mundo gosta de usar a função 3D da TV (aqueles óculos me dão dor de cabeça -_- ) aí é uma maneira de você dar essa opção pra pessoa, assim ela não paga por algo que ele não vai usar. (:

      • Na verdade eu acho que o filme com e sem 3D daria para vir dentro do mesmo BD. Eles tem até 50GB de espaço em disco e isso é mais que o suficiente para enfiar as duas versões do filme. Enfim… o mundo do consumismo sempre mostrando o quão capaz é.

        Sobre as TVs, é complicado. Não vejo mais em lojas as TVs de tubo a venda. Quem tem é quem já tinha mesmo ou comprou usada de alguém que renovou o arsenal televisivo em casa.
        Mas é fogo nos dias de hoje, onde pagamos uma faixa de 20 reais mensais no Netflix para ter acesso a um acervo enorme de animações, e todas com qualidade estrondosa que é de igual para igual com o melhor BD do mercado, termos que pagar 100,00 em um filme.

        No futuro eu acredito que tudo isso vá acabar! BDs, DVDs, CDs e etc etc etc vão dar lugar a mídia digital de facílimo acesso e qualidade grandiosa. O resto vai ser só coisa de colecionador mesmo. Eu sempre fui adepto a mídia digital. Tecnologia para mim tem que ser até o talo… quero 4K ou até mesmo 8K a um botão dos meus dedos, e o que é melhor, tudo retrocompatível. lol

        • Eu concordo com a Catarina, o DVD ainda deve demorar a sair de circulação. Tanto que o principal motivo para a Disney Brasil lançar combos em estojo de DVD é esse. O pessoal ainda compra mais DVD do que Blu-ray, e usando o estojo do segundo as vendas caem (Não me perguntem qual a lógica por trás disso que eu não sei). Mas conheço muitas pessoas que não tem o aparelho ou nem mesmo conhecem Blu-ray. Enfim, Netflix é só amor hahaha 😀

          • O futuro é mídia digital. Vai fazer bem para nós e para o planeta.

          • Yuri Nekel

            Eu tô meio atrasado nisso, mas embora, sim, o DVD ainda vai durar por muito tempo, o VHS também durou bastante até que foi substituído pelo DVD, e por isso, eu acredito que vai sim chegar um dia em que ele vai ser substituído pelo Blu-Ray, e depois, vai vir outra coisa que vai substituir o Blu-Ray.

  • Oriosterodoki

    *Abri perfil no Disqus, yay!*
    Vesh….não gostei das capas e nem dos extras (Disney BR, como sempre, obrigando o pessoal a comprar Blu-ray, se quiser ver algo a mais ¬¬’ )

    • Oriosterodoki

      Ah, quando disse que não gostei dos extras, era em relação a ser beem pouco a quantidade de extras….saudades da época que o filme vinha com uma tonelada de extras, que demorava horas para ver todos eles :/

      • Lucas Formoso

        Quem viu 1 extra que fala sobre os bastidores de uma animação 3D, já viu todos. É sempre o mesmo processo, o que muda é apenas o Hardware e o Software que evolui, o que é totalmente natural, não há nada de espantoso nisso. Já com as animações em 2D o processo era mais trabalhoso e demorado, pois os animadores eram quem inventavam a tecnologia na época, portanto é natural que existam mais extras em um animação 2D que explica passo a passo as dificuldades, do que em uma animação 3D atual que teria que se aprofundar em termos técnológicos, e muitas vezes imcompreensíveis aos seres humanos “nomais”, apenas para trazer alguma novidade.

        • Oriosterodoki

          Sim sim, disso eu sei (até porque eu faço ciência da computação, hehe), mas, nem precisava tanto de focar apenas na criação do filme, poderia ter mais vídeo-clipe, cenas excluídas, jogos, um especial falando apenas da origem (nesse caso, seria falar das HQ’s que geraram Big Hero)…o que queria dizer é que eles poderiam rechear com mais extras, se quisessem, pois “A Família do Futuro” era um filme CGI e o DVD dele vinha repleto de extras

    • Até que enfim haha! Seja bem-vinda. A arte da capa é até legal, mas precisava usar a mesma em TODAS as edições!? Custava nada mudar um pouco, né? ¬¬

      • Oriosterodoki

        Hahaha, verdade né? Sei lá….usar mesma capa dos pôsters nacionais na capa dos DVD’s e Blu-rays….tão sem-graça….

  • Vítor Ximenes

    Meio chato ser a mesma capa para os três, mesmo que eu não vá comprar os três… Com Frozen não foi assim… De qualquer forma, espero que tenha o combo DVD + Blu-Ray. O bom é que é o mesmo preço do Blu-Ray solo (assim, se você for para algum lugar que não tenha Blu-Ray e você queira assistit muito tal filme, você tem o DVD em mãos :P).

  • Lucas Acioli

    Pessoal, só uma curiosidade, vcs sabem como Operação Big Hero foi (ou esta) nas bilheterias? Não consigo achar nenhuma noticia sobre isso =(

  • Yuri Nekel

    Eu tô comentando meio atrasado nisso, mas eu simplesmente adorei as capas brasileiras por serem diferentes das americanas, mas como já mencionado, não precisava mesmo ser a mesma capa pra todas as edições, ainda sim acho muito melhor do que a capa americana.
    E os bônus do Blu-Ray parecem ser bem melhores do que os bônus do Blu-Ray de Frozen (que foram péssimos, vamo lá, Disney! O filme ganhou mais um bilhão e dois Oscars, cês podiam ter dado um tratamento melhor pro Blu-Ray), só não gostei da falta de comentários em audio dos diretores.

  • Eliana Cecilia

    Porque a musica On top of the world tocou na versão do cinema e foi excluída da versão de DVD? Alguém sabe? Achei a cena do Hiro sobrevoando San Fransokyo super estranha sem a música da banda Greek Fire.

  • Guilherme

    Só digo uma coisa: Blu ray no Brasil não tem chance. É uma tecnologia moderna e extremamente potente com qualidade excepcional. O problema é que a tecnologia sucessora do Blu ray já surgiu e, antes mesmo dele, já se difundiu com muito mais facilidade por conta da flexibilidade e acessibilidade das quais ela dispõe. O blu ray, por outro lado, é extremamente caro e muitas vezes o custo-benefício não é satisfatório. Para falar a verdade, só era satisfatório quando em edições clássicas de filmes da Era do Ouro da disney tais como Branca de Neve e A Bela e a Fera; depois desses, foi uma decepção atrás de outra. Primeiro as capas ficaram sem vergonha, depois as luvas que, antes, vinham com auto relevo pelo menos, agora nem isso e já estão ameaçadas de serem extintas. O preço, no entanto, não muda, são salgados R$ 59,90 não importando se o blu ray é bom, mais ou menos ou ruim em termos gerais. O problema não é a compra do aparelho, é o preço das mídias, pois, da disney, por exemplo, um blu ray custa em média R$60,00. Um aparelho equivale ao preço de uns cinco blu rays da disney apenas. Quanto ao DVD, o panorama atual é diferente do que apareceu com o VHS. O VHS foi a coisa mais fácil de derrubar e tirar do mercado porque oferecia mais desvantagens que o contrário. O DVD não; ele apresenta uma qualidade geral apenas um pouco inferior ao Blu ray; algo que é facilmente relevado por conta das inúmeras vantagens e da maior versatilidade dele em relação ao Blu ray, a começar pelo preço. Acho que o Blu ray, com o preço tão alto, só conseguiu facilitar a vida do DVD na minha opinião. O DVD era menos popular quando estava sozinho no mercado; com o Blu ray e a discrepância de preço entre ambas mídias, o DVD se popularizou ainda mais. Só compensa comprar blu rays da edição diamante em detrimento do dvd da mesma edição. Quanto aos demais filmes fora dessa coleção, o dvd ganha disparado. Posso estar errado, mas, parece-me muitas vezes que o Blu ray está mais fácil de cair que o DVD. Isso só não ocorre porque grande parte dos consumidores desses produtos são colecionadores e colecionador sempre é fiel à vanguarda tecnológica, mesmo gostando das tecnologias mais antigas. Quem vê nesses filmes objeto de diversão apenas, não os compra mais, preferem contratar serviços como o netflix; uma pequena parcela desse público compra o Blu ray e os que compram, se comprarem, não veem o porquê de não comprar o DVD e sim o Blu ray. O DVD ainda vai demorar a cair hein e, se cair, acho que leva o Blu ray junto e ambos darão lugar a uma nova tecnologia, não sei se será de serviços como netflix, mas a tecnologia mais nova deverá dispor, com certeza, da qualidade geral do Blu ray, da versatilidade do DVD e da acessibilidade de um netflix. Isso tudo parece inconciliável, mas acho que nem tanto assim. Tecnicamente, o blu ray já deveria estar muito mais barato porque é uma tecnologia patenteada por várias empresas mundialmente conhecidas e consolidadas e não apenas uma empresa, ao contrário do DVD. Logo, os royalties por mídia vendida são menores e apoiar o preço alto sobre o argumento de que o custo de produção é mais alto é conversa para boi dormir. O custo de produção é o mesmo. O preço é alto porque, no Brasil, tem quem aceita pagar. O dia que ninguém comprar, o preço cai até chegar no valor coerente.

  • Willian Junior

    ODIEIIII as artes das capas! #furioso