O impacto causado por Meu Amigo, o Dragão em uma pequena cidade

0

meu-amigo-dragao-bastidores-inicio-camundongo

Quando assistimos a um longa-metragem, é uma tarefa extremamente complicada imaginarmos todo o esforço e trabalho realizado nos bastidores do mesmo. Alguns detalhes podem até passar completamente despercebidos em meios aos acontecimentos vistos na tela, pois, a princípio, são totalmente insignificantes. Porém, mesmo os menores objetos e adereços têm uma razão para estarem ali.

Com Meu Amigo, o Dragão (2016), não foi diferente. Embora a história se passe, durante a década de 1970, na cidade de Millhaven, localizada no Noroeste Pacífico dos Estados Unidos, todas as cenas foram filmadas em Tapanui, uma pequena cidade com apenas setecentos habitantes, na Nova Zelândia. E todos os moradores, de uma forma ou outra, contribuíram para a transformação do local.

meu-amigo-dragao-bastidores-001

O Oh My Disney conversou com alguns dos cidadãos de Tapanui para saber como foi a experiência. De acordo com Nathan McPherson, um dos figurantes, “no começo, era difícil acreditar naquilo. Assim que a produção começou, a escala parecia inacreditável para um lugar tão pequeno. Pareciam haver pessoas e veículos em todos os lugares.”

Você parece estar sonhando,” disse Kay Williams, moradora responsável por ajudar com as escolhas dos locais de gravação. “Todas as manhãs eu acordava às 05h e não voltava para casa antes das 21h. Provavelmente, isso nunca acontecerá de novo em minha vida.” Para a diretora da escola local, Linda Cavanagh–Monaghan, foi algo valioso, porque os estudantes tiveram a chance de ver o lado técnico dos filmes.

meu-amigo-dragao-bastidores-002

Nós não tínhamos ideia do que esperar. Era incrível o nível de detalhes que [os cineastas]usaram,” declarou o comerciante Jann Robertson. “As placas das ruas, os nomes foram mudados. Coisas tão pequenas que você sequer sonharia pensar até assistir ao filme, e muita coisa está apenas nos cenários (…) Uma senhora pintou tijolos [em uma parede de concreto]e eles pareciam reais!

Toda a cidade se beneficiou das filmagens. Hotéis, por exemplo, se tonaram camarins para os atores, enquanto o estacionamento da escola abrigava os veículos da produção. Vários habitantes alugaram as suas próprias casas para o elenco, e alguns sortudos ainda serviram como figurantes. A equipe criativa aproveitou um feriado escolar e utilizou os estudantes como as crianças de Millhaven.

meu-amigo-dragao-bastidores-003

Para Tommy Davies, nascido e criado em Tapanui, participar de Meu Amigo, o Dragão foi a coisa mais legal de sua vida. “Em uma manhã, nós todos fomos para tirar fotos, havia uma fila e demorou algumas horas. E então, eu recebi uma ligação e os cineastas estavam me perguntando se eu queria ir e experimentar os figurinos E eu fui e experimentei seis tipos diferentes de roupas,” explica Davies.

Um dos pontos altos para os moradores foi passar alguns dias ao lado de atores famosos como Bryce Dallas Howard, Wes Bentley e Robert Redford. “Quando você ia tomar o café da manhã, todos estavam felizes e queriam estar ali. Às 05h, as pessoas não costumam querer dar bom dia, mas todos os atores faziam isso. O elenco e a equipe estavam reunidos e as estrelas se sentavam ao seu lado,” explica Williams.

meu-amigo-dragao-bastidores-004

Acredito que eles gostaram de nós porque fomos nós mesmos. Nós fizemos eles se sentirem bem-vindos e eu gosto de pensar que eles irão se lembrar de nós por isso,” relembra Williams. E os atores frequentavam os bares e restaurantes locais. Wes Bentley era visto sempre em na cafeteria The Yellow Diner, desfrutando um dos pratos, o qual agora foi rebatizado em sua homenagem, o Wes Bentley Caramel Slice.

E assistir ao longa-metragem finalizado também foi outra experiência emocionante para os moradores. “Eu chore,” confessa Cavanagh–Monaghan. “Foi algo realmente emotivo porque é a nossa cidade. Muitas pessoas choraram. E eu estou ansiosa para assistir em DVD, para poder assistir e pausar quantas vezes quiser.

meu-amigo-dragao-bastidores-005

Será ótimo assistir ao DVD e poder pausar na minha cena e na cena do ônibus do meu filho,” revela Robertson. Os habitantes ficaram igualmente surpresos com a quantidade de pessoas necessárias para se produzir um longa e como cada uma tem uma função diferente. “Tricotar pode ser um hobby, mas isso pode ser um trabalho na indústria cinematográfica. Tricotando as roupas,” disse o comerciante.

Robertson finaliza: “Foi simplesmente incrível. Você podia realmente sentir a atmosfera na cidade mais alegre. Todos pareciam estar sorrido. Era surreal.” Com roteiro da dupla David Lowery e Toby Halbrooks (Amor Fora da Lei) e direção de Lowery, Meu Amigo, o Dragão já se encontra à venda em DVD (Simples)Blu-ray (Simples) nas melhores lojas nacionais.

Trailer de Meu Amigo, o Dragão:

Durante anos, o velho escultor de madeira Mr. Meacham (Robert Redford) tem encantado crianças locais com suas histórias sobre o temível dragão que mora no meio da floresta do Noroeste do Pacífico. Para sua filha, Grace (Bryce Dallas Howard), que trabalha como guarda florestal, essas histórias são pouco mais do que histórias fantásticas… Até que ela conhece Pete (Oakes Fegley). Pete é um misterioso garoto de dez anos sem família, nem casa, que diz viver na floresta com um dragão gigante e verde chamado Elliot. E segundo as descrições de Pete, Elliot parece ser extremamente semelhante ao dragão das histórias de Mr. Meacham. Com a ajuda de Natalie (Oona Laurence), uma garota de onze anos cujo pai Jack (Wes Bentley) é dono da madeireira local, Grace parte em busca de descobrir de onde Pete veio, onde é o seu lugar e a verdade sobre esse dragão.

meu-amigo-dragao-bastidores-final-camundongo

Compartilhe.

Sobre o Autor(a)

O atual editor-chefe de O Camundongo é um grande aficionado por cinema, séries, livros e, óbvio, pelo Universo Disney. Estão entre os seus clássicos favoritos: "O Rei Leão", " A Bela e a Fera", " Planeta do Tesouro", "A Família do Futuro" e "Operação Big Hero".