D23 Expo 2017 | Emily Blunt encanta o público com Mary Poppins Returns

0

mary-poppins-returns-d23-expo-2017-inicio-camundongo

Para realizar um painel praticamente perfeito, a D23 Expo 2017 não poderia deixar de incluir muitas novidades sobre Mary Poppins Returns, a sequência do clássico estrelado por Julie Andrews em 1964. Nesse musical original, Mary Poppins (Emily Blunt) e seu amigo Jack (Lin-Manuel Miranda) embarcam em uma aventura para resgatar a alegria da nova geração da família Banks.

Ao lado do diretor e produtor Rob Marshall, Blunt subiu ao palco para responder às perguntas de Sean Bailey, presidente do Walt Disney Studios, e oferecer algumas dicas do que podemos esperar da produção. “Quando criança, descobri que essa pessoa mágica e misteriosa era capaz de fazer tudo ficar bem novamente e isso era muito reconfortante,” disse a atriz.

mary-poppins-returns-d23-expo-2017-001

Então, eu sempre achei o filme incrivelmente mágico e queria ser os filhos dos Banks,” continua Blunt. Sobre a difícil missão de substituir Andrews como a icônica babá, a atriz declarou: “Eu assisti a quinze minutos do original e parei, porque eu precisava tentar fazer uma homenagem para Julie Andrews, enquanto abria um novo espaço para mim mesma.”

Ninguém nunca será capaz de substitui-la. Ela é simplesmente inacreditável. Nunca haverá ninguém igual a ela. Então, eu tinha de fazer a minha própria versão da personagem e acredito estarmos sendo muito fiéis aos livros. Nos livros, ela é mais franca, estranha e vaidosa. Então, nós fomos nessa direção e essa é a minha versão dela,” revelou.

mary-poppins-returns-d23-expo-2017-002

Rob Marshall compartilhou ter se sentido extremamente honrado de ter sido cogitado e ser convidado pelo estúdio para dirigir a sequência. “Esse é um filme musical totalmente novo e original, do início ao fim, o que é algo muito raro, e é uma oportunidade maravilhosa de criar algo especificamente para as telas dos cinemas,” afirmou o diretor

Marshall também comentou sobre a sua relação com o clássico de 1964, dizendo: “Acredito ter sido o meu primeiro filme. Acredito ter sido o primeiro filme de muitas pessoas. Há algo muito maravilhoso nele e isso fez parte de toda a minha vida.” Logo, para o diretor era muito importante tronar essa experiência tão especial e marcante quanto a do original.

mary-poppins-returns-d23-expo-2017-003

Dessa forma, todo o lona-metragem foi filmado em locações de Londres, na Inglaterra, e Marshall disse que o público irá reconhecer a Alameda das Cerejeiras de imediato, assim como podem reconhecer algumas peças das mobílias. O observou ter encontrado alguns adereços usados no filme original, como uma mesa vista na casa dos Banks, a qual precisou ser manejada com muito cuidado pela equipe.

Os presentes ainda tiveram a chance de assistir com exclusividade a uma prévia da continuação, apresentada em grande estilo, enquanto o compositor Marc Shaiman conduzia uma orquestra ao vivo interpretando trechos da nova trilha sonora. O vídeo promete levar o público de volta a um lugar querido e outrora habitado pela alegria – a casa dos Banks, claro.

mary-poppins-returns-d23-expo-2017-004

Lá, os Banks enfrentam tempos difíceis em meio à Grande Depressão e após a morte da esposa de Michael (Ben Wishaw), deixando-o encarregado dos três filhos. Tudo piora quando o banqueiro sem coração William Weatherall Wilkins (Colin Firth) entra na jogada. O trailer mostra uma Londres muito sombria, com os carros ziguezagueando por uma rua sinuosa.

Georgie, filho de Michael, aparece saindo de casa, indo em direção à escuridão. Ele começa a empinar uma pipa, mas, rapidamente, o seu brinquedo é arrebatado pelo céu e engolido pelas nuvens escuras. Jack, um acendedor de lampiões, tenta ajudá-lo. Juntos, eles puxam a pipa de volta e encontram Mary Poppins, segurando a pipa e calmamente descendo do céu.

mary-poppins-returns-d23-expo-2017-005

Com isso, o vídeo se dedica a exibir o retorno da magia e do encanto da babá e apresenta rápidos trechos do longa, incluindo algumas das sequências de danças e dos grandiosos números musicais, todos no melhor estilo dos filmes antigos. É possível ver Dick Van Dyke dançando sobre uma mesa e uma cena de sapateado utilizando animação tradicional, igual ao original.

Van Dyke interpretou Bert e o Senhor Dawes no primeiro filme. Agora, mais de cinquenta anos depois, ele retorna para viver o Senhor Dawes Jr., o presidente do Fidelity Fiduciary Bank, agora sob os comandos do personagem de Colin Firth. Mary Poppins Returns estreia em 20 de Dezembro de 2018 no Brasil e ainda traz em seu elenco Meryl Streep (Prima Topsy) e Angela Lansbury (Senhora dos Balões).

Emily Blunt (Caminhos da Floresta) estrela Mary Poppins Returns, como a babá praticamente perfeita com habilidades mágicas singulares que pode transformar uma tarefa de rotina em uma aventura fantástica e inesquecível. Nesta sequência inédita, que tem uma sensibilidade nova, contudo ainda celebra o espírito do original, Mary Poppins está de volta para ajudar a próxima geração da família Banks a encontrar a alegria e a magia que estão faltando em suas vidas após passarem por uma perda pessoal. A babá enigmática tem a companhia de seu amigo Jack, interpretado por Lin-Manuel Miranda (Moana: Um Mar de Aventuras), um acendedor de lampiões otimista que ajuda a trazer luz – e vida – às ruas de Londres.

mary-poppins-returns-d23-expo-2017-final-camundongo

Compartilhe.

Sobre o Autor(a)

O atual editor-chefe de O Camundongo é um grande aficionado por cinema, séries, livros e, óbvio, pelo Universo Disney. Estão entre os seus clássicos favoritos: "O Rei Leão", " A Bela e a Fera", " Planeta do Tesouro", "A Família do Futuro" e "Operação Big Hero".