Editorial #27 | Tolos sonhadores

0

editorial-marco-2017-inicio-camundongo

Olá, Camundongo!

Aqui, no entanto, nós não olhamos para trás por muito tempo. Nós continuamos seguindo em frente. Abrindo novas portas e fazendo coisas novas, porque somos curiosos. E a curiosidade continua nos conduzindo por caminhos novos.” Essa talvez seja uma das frases mais famosas de Walt Disney e, desde a fundação do O Camundongo, em Janeiro de 2015, tem servido como o nosso lema e inspiração.

Mas, às vezes, até mesmo nós da equipe precisamos ser relembrados de seu imenso valor. E caso esteja se perguntando o porquê disso, o porquê de insistirmos tanto no discurso sobre a importância dos sonhos e de sermos guiados pela curiosidade, a resposta é bem simples. Porque nossos sonhos e a nossa curiosidade fazem o mundo andar.

editorial-marco-2017-001

Não importa quão tolos possam parecer os nossos sonhos ou quão grande seja a bagunça feita por cada um de nós, pois essa loucura traz novas cores ao mundo e nos permite fazer coisas novas. O mundo precisa disso, precisa da loucura dos sonhadores e precisa da curiosidade. Não sabemos para onde a nossa curiosidade irá nos levar – talvez a lugar nenhum –, mas precisamos continuar tentando.

O mundo precisa de escritores, poetas, artistas, rebeldes, cientistas… O mundo precisa de pessoas corajosas o suficiente para continuarem a sonhar apesar de todas as adversidades. Porque apenas os loucos têm a coragem de seguir um coelho branco atrasado, de voar rumo à segunda estrela à direita, de atravessar o oceano sem saber navegar, ainda que isso signifique nunca mais voltar.

editorial-marco-2017-002

Somente os loucos e os curiosos continuam seguindo em frente e explorando novos caminhos, não importa se forem necessárias oitenta e quatro tentativas para fazer funcionar um robô com design fofinho e acolhedor, ou novecentos e cinquenta e dois protótipos para construir uma máquina do tempo, ou perder os direitos sobre o seu coelho sortudo para seu antigo chefe.

Para quem quer triunfar, não existe sorte ou azar. Depende apenas de você para as coisas acontecerem. Mas é preciso sempre se lembra de que, para cada bem, existe o mal. E por isso, não devemos ter nada como garantido, pois a vida é imprevisível e é importante estarmos preparados para os seus imprevistos, para os seus altos e baixos.

editorial-marco-2017-003

Walt Disney e Ub Iwerks criaram o coelho Oswald, em 1927, para estrelar uma série de curtas-metragens de animação. E apesar do personagem ter se tornado um grande sucesso, o produtor e distribuidor Charles Mintz queria diminuir as despesas de produção, mas Walt se recusou e, ao lado de Iwerks, se demitiu e deixou para trás o personagem que havia criado.

Voltando para casa, durante uma viagem de trem, Walt teve a ideia de criar e animar um camundongo chamado Mickey Mouse, sobre o qual teria todos os direitos, e ali começou a criação do tão conhecido Universo Disney. Se não fosse pela sua loucura e curiosidade, Walt poderia ter aceitado o corte dos custos e viveríamos em um mundo bem diferente, inclusive sem este portal de entretenimento.

editorial-marco-2017-004

Logo, o que seria de nós se os grandes visionários e revolucionários da história tivessem desistido na primeira tentativa? Quais invenções e tecnologias teríamos perdido? O mundo é daquela tola sonhadora capaz de se transvestir para lutar no exército e salvar a sua nação. O mundo é daquele tolo sonhador capaz de acreditar em um lugar melhor, mesmo preso no alto de uma catedral de Paris.

E enquanto estivermos por aqui, continuaremos a seguir em frente e a viver novas aventuras, continuaremos a falar sobre a importância dos sonhos e da curiosidade, pois nosso único limite é a nossa alma. E como bem disse o quase vencedor do Oscar® de Melhor Longa-metragem: “Essa é para aqueles que sonham, por mais loucos que pareçam. Essa é para os corações que doem. Essa é para a bagunça que fazemos.”

Carinhosamente,

Lucas Neves

Editor-chefe

editorial-marco-2017-final-camundongo

Compartilhe.

Sobre o Autor(a)

O atual diretor de redação e editor-chefe de O Camundongo é um grande aficionado por cinema, séries, livros e, óbvio, pelo Universo Disney. Estão entre os seus clássicos favoritos: "O Rei Leão", " A Bela e a Fera", " Planeta do Tesouro" e "A Família do Futuro".