Camundongo Viajante | Quais idiomas se fala na Disney?

3

Camundongo-Viajante-Idiomas-Topo.2

Olá, pessoal! Está no ar mais uma edição do Camundongo Viajante e, desta vez, vou falar sobre um tema que preocupa muita gente na hora de viajar: o idioma!

Primeiramente, tenho uma dica essencial: não se assustem com a barreira linguística! Sei que é muito mais fácil visitar algum país que você tem familiaridade com o idioma. Porém, com jeitinho e força de vontade, tudo se resolve.

Camundongo-Viajante-Idiomas-WDW

Principal idioma: Inglês

Começando pelo mais simples de todos, não há outra coisa a dizer a não ser: Hakuna Matata! Orlando é repleta de brasileiros! Sendo assim, o português, apesar de não ser um idioma oficial, é muito ouvido por lá. A mesma coisa vale para o espanhol. A comunidade hispânica também é enorme na Flórida, então, se a pessoa que você precisa interagir não falar português, tente o espanhol.

E por último o inglês, afinal não há como escapar dele ao viajar para qualquer lugar do mundo. Posso dizer com certeza que para os brasileiros o Walt Disney World oferece o mínimo de dificuldades de comunicação. Então, vá com tudo!

Camundongo-Viajante-Idiomas-Disneyland

Principal idioma: Inglês

Assim como na Flórida, a Califórnia também possui uma comunidade latina gigantesca. Sendo assim, o espanhol também é muito usado, o que facilita demais o dia a dia. A diferença é que o número de brasileiros trabalhando no resort e vivendo em Anaheim, a cidade onde está a Disneyland, é muito pequeno. Então, caso não fale espanhol, coloque seu portunhol em prática.

Camundongo-Viajante-Idiomas-Paris

Principal idioma: Francês

Aqui, obviamente o francês é dominante, porém, precisamos acabar com o mito de que os franceses são grossos e não gostam de falar inglês. Tudo depende do jeito que você se apresenta e do seu jogo de cintura. Entenda que, se você não é obrigado a falar francês, o francês também não é obrigado a falar o seu idioma.

Nos parques, tudo é muito simples, pois a grande maioria dos funcionários fala inglês, e eles são encorajados a fazerem o possível para entender o que o visitante necessita. Então, por aqui, aposte no inglês como segunda opção. Você pode cruzar com pessoas falando espanhol ou português, mas aí é mais uma questão de sorte.

Camundongo-Viajante-Idiomas-HongKong

Principal idioma: Chinês (Cantonês)

A partir daqui, a situação começa a complicar, mas só um pouquinho. Hong Kong foi uma colônia britânica e, por isso, o inglês serve como uma segunda língua para eles. De todos os resorts da Disney na Ásia, este é o que o inglês é mais falado.

Por aqui, há poucos latinos e hispânicos, então, escutar português e espanhol é bem raro. Caso você fale inglês, fique tranquilo, pois será entendido pela grande maioria das pessoas.

Camundongo-Viajante-Idiomas-Shanghai

Principal idioma: Chinês (Mandarim)

Em Xangai, preciso ser sincero: tem que se virar mesmo! Pouquíssimas pessoas falam inglês nas ruas e os dialetos chineses não lembram nem um pouco o português. No começo, pode parecer intimidador, mas, com planejamento, vai tudo bem. Antes da viagem, anote o nome de todos os lugares que deseja visitar, pesquise meios de transporte acessíveis e principalmente anote frases básicas pra alguma emergência.

E uma dica muito valiosa: ande sempre com o endereço de onde você está hospedado. E de preferência nos caracteres chineses, pois há muita gente que desconhece o nosso alfabeto. No parque, a situação é bem diferente, pois muitos funcionários falam inglês. Algumas vezes você irá sentir dificuldade de entender por conta do sotaque, mas eles são muito solícitos e chamarão alguém para te ajudar caso haja necessidade.

Camundongo-Viajante-Idiomas-Tokyo

Principal idioma: Japonês

A situação em Tóquio é bem similar à de Xangai, e também pode ser difícil de se comunicar no início. Então, vale a pena se organizar. O inglês também é falado nos parques, porém foi na Disney de Tóquio que senti mais falta de funcionários bilíngues.

Os parques de lá são visitados, em sua grande maioria, por japoneses, então, é um pouco mais difícil de ouvir alguém falando inglês. Apesar disso, o povo japonês é muito acessível e simpático e não vai te deixar na mão.

Camundongo-Viajante-Idiomas-dicas

Aqui vão algumas dicas e informações básicas que valem para todos os resorts:

  • Os anúncios nos parques sempre são feitos em mais de uma língua. Na Ásia e na França, sempre o idioma local mais o inglês. E nos Estados Unidos, sempre em inglês e espanhol. E curiosamente, no espetáculo Fantasmic! do Walt Disney World Resort até mesmo português é falado;
  • Os mapas dos parques também são oferecidos sempre em mais de um idioma;
  • Assim como em qualquer viagem, tenha em mãos anotações com todos os lugares que deseja visitar, de preferência na língua local. E ande sempre com um cartão do hotel!;

Camundongo-Viajante_Meio2

  • Em todos os parques os funcionários farão o máximo para te atenderem mesmo não falando o seu idioma. Sempre aparece alguém pra te ajudar!;
  • Não desanime caso aconteça algum desentendimento e também não se sinta frustrado. Confusões podem acontecer em qualquer viagem mas não podemos deixar de aproveitar por isso;
  • Seja educado e entenda o esforço que estão fazendo por você. Imagine quantas nacionalidades cruzam com os funcionários dos parques todos os dias;
  • Fora dos Estados Unidos, não são todos os shows e espetáculos que irão oferecer segundos idiomas, mesmo através de legendas. Mas isso não é impedimento algum para aproveitar o passeio, afinal a magia Disney vai além do idioma. Encante-se com o visual, a melodia das canções e todos os lindos detalhes das produções.

Essas foram as minhas dicas de hoje. Caso você tenha alguma dúvida ou está curioso sobre algum resort especificamente fale nos comentários! Deixe sugestões de outros temas e não se esqueça de compartilhar a coluna com seus amigos viajantes. Até a próxima!

Camundongo-Viajante-Idiomas-final

Compartilhe.

Sobre o Autor(a)

Mouseketeer desde que se entende por gente. Finalmente realizei meu maior sonho de Camundongo e visitei todos os parques da Disney no mundo!



  • Bruno

    Porque a America Latina não tem um parque Disney? Nem uma disney store??

    • Paulo Gonçalves

      Bruno, um parque na América Latina, e até mesmo no Brasil, sempre gerou muita especulação. Porém são custos muito altos e envolve grandes negociações com o governo local. E o número de visitantes latinos nos parques é imenso, então eles aproveitam desse mercado da mesma maneira. Sobre a loja acredito que é mais questão de tempo até que o alcance seja expandido.

      • Bruno

        Valeu Paulo!